Biografia

Um ministro na Defesa do Brasil

Aldo Rebelo assumiu o ministério da Defesa em outubro de 2015, no governo Dilma Rousseff.

Buscou a valorização das Forças Armadas e defendeu a destinação de uma parte dos recursos do fundo social do pré-sal para a Marinha, o Exército e a Aeronáutica.

Priorizou a fiscalização das fronteiras do País, assegurando recursos para a implantação do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron).

Trabalhou pela parceria entre Brasil e Suécia para o desenvolvimento, no Brasil, dos aviões de caça Gripen.

Priorizou o programa de submarino nuclear e de energia nuclear da Marinha. A energia nuclear é utilizada na medicina nuclear, fundamental no tratamento de vários tipos de câncer.

Defendeu a expansão do programa Calha Norte para os estados do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. O Calha Norte foi criado em 1985 para a manutenção da soberania da Amazônia e suas ações abrangem os estados do Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia, Roraima e Pará.

Organizou a participação das Forças Armadas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Permaneceu à frente da Defesa nacional até maio de 2016.

Entrevistas