Biografia

Avanços na Ciência, Tecnologia e Inovação

Aldo Rebelo foi ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação durante o governo Dilma Rousseff (2015).

Trabalhou para recompor o orçamento do ministério e do sistema nacional de Ciência, Tecnologia e Informação. Defendeu a utilização de parte dos recursos do pré-sal para investimentos em pesquisa e desenvolvimento tecnológico, principalmente na área de defesa e segurança.

Incluiu o projeto Sirius no PAC – Programa de Aceleração do Crescimento, e hoje o Brasil lidera as pesquisas com luz síncroton no mundo; seus resultados são aplicados, por exemplo, no tratamento do Alzheimer e do Mal de Parkinson.

Também incluiu no PAC o projeto do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), que garante a autonomia do Brasil na produção de radioisótopos, elementos utilizados na medicina nuclear, em tratamentos de câncer e de outras doenças; na indústria, na agricultura e no meio ambiente. Em junho de 2018, o governo lançou a pedra fundamental do Reator e iniciou os testes de integração dos turbogeradores do Laboratório de Geração de Energia Nucloelétrica – o projeto está instalado em Iperó (SP) ao lado do Centro Experimental de Aramar, da Marinha, onde se desenvolve o protótipo do submarino nuclear brasileiro.

Durante sua gestão, foi inaugurada a Torre Alta de Observação da Amazônia, em São Sebastião do Uatumã (AM), projeto de cooperação entre Brasil e Alemanha. É a mais alta torre de pesquisa do mundo e serve à coleta de informações sobre a interação entre a Floresta Amazônica e a atmosfera.

Assista o vídeo sobre a torre de pesquisa mais alta do mundo, em plena Floresta Amazônica 

 

Entrevistas